Projeto Pontes e Laços Contra a Solidão

Projeto Pontes e Laços contra a Solidão

sexta-feira, julho 22, 2011Teresa Varela




Atualmente, vivemos apressados, corremos de casa para o emprego, labutamos ferozmente para as férias de sonho “a que temos direito”, procuramos a realização pessoal e profissional, mas, por vezes, esquecemo-nos de criar raízes, laços e união.
Caminhamos solitários, perdidos num mundo de afazeres e direitos, esquecemo-nos de apreciar o milagre que é acordarmos todos os dias, esquecemos os nossos velhos que se tornaram num fardo, esquecemos velhos amigos, porque estamos demasiado ocupados a realizarmo-nos.
Um dia olhamos em redor e estamos numa ilha deserta. Na primeira dificuldade sucumbimos.
Ainda na escola primária aprendi que a”União faz a força”, quando adulta compreendi que, quando estamos unidos, podemos ultrapassar qualquer dificuldade, por pior que ela seja.
A solidão e o isolamento é a pior forma de pobreza da sociedade actual, porque se fica preso numa ilha ou gaiola, por vezes dourada, mas sem afectos, sem laços, sem ajuda, sem a chatice de ter que ajudar ou visitar alguém, mas, também,  sem ninguém que compreenda as nossas dores e angústias ou ria das nossas piadas.
Porque a vida é preciosa e os nossos afectos são a nossa maior fonte de equilíbrio, não se refugie numa ilha-gaiola, endireite as costas, tire os olhos do seu umbigo, afinal ele não tem nada de extraordinário, dê-se ao “trabalho” de manter laços fortes com a família, os amigos, os vizinhos e até os estranhos que encontra na rua e precisam de ajuda ou, quem sabe, apenas de um sorriso.
Não gaste a sua energia na crítica contínua, use-a para construir redes e pontes, laços e afetos, centros de ajuda ou reuniões de amigos.
Não deixe que a sua vida se transforme num projecto de solidão. E cante com a Celine
 
All by Myself
When I was young
I never needed anyone
And making love was just for fun
Those days are gone
Livin'alone
I think of all the friends I've known
                                                                                    When I dial the telephone
                                                                                    Nobody's home

                                                                                    All by myself
                                                                                    Don't wanna be
                                                                                    All by myself
                                                                                    Anymore

                                                                                    Hard to be sure
                                                                                    Sometimes I feel so insecure
                                                                                    And loves so distant and obscure
                                                                                    Remains the cure

                                                                                    All by myself
                                                                                    Don't wanna be
                                                                                    All by myself
                                                                                    Anymore
                                                                                    All by myself
                                                                                    Don't wanna live
                                                                                    All by myself
                                                                                    Anymore

                                                                                   When I was young
                                                                                   I never needed anyone
                                                                                   And making love was just for fun
                                                                                   Those days are gone

                                                                                 All by myself
                                                                                 Don't wanna be
                                                                                 All by myself
                                                                                 Anymore
                                                                                 All by myself
                                                                                 Don't wanna live
                                                                                 Oh
                                                                                 Don't wanna live
                                                                                 By myself, by myself
                                                                                 Anymore
                                                                                 By myself
                                                                                 Anymore
                                                                                 Oh
                                                                                All by myself
                                                                                Don't wanna live
                                                                                I never, never, never
                                                                                Needed anyone
 Sozinha
Quando eu era nova
Nunca precisei de ninguém
E fazer amor era só por divertimento
Esses dias já passaram
Vivendo sozinha
Penso em todos os amigos que tive
Quando telefono
Ninguém está em casa

Sozinha
Não quero estar
Sozinha
Não mais

È difícil ter a certeza
Às vezes sinto-me tão insegura
E o amor é tão distante e obscuro
Falta a cura

Sozinha
Não quero estar
Sozinha
Não mais
Sozinha
Não quero viver
Sozinha
Não mais

Quando eu era nova
Nunca precisei de ninguém
E fazer amor era só por divertimento
Esses dias já passaram

Sozinha
Não quero estar
Sozinha
Não mais
Sozinha
Não quero viver
Oh
Não quero viver
Sozinha, sozinha
Não mais
Sozinha
Não mais
Oh
Sozinha
Não quero viver
Eu nunca, nunca, nunca
Precisei de ninguém

Também poderá gostar de ver

0 comentários

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+