Poesia

VIDA

sexta-feira, julho 15, 2011Teresa Varela

Temi que a vida passasse
E que eu não a vivesse plenamente.
Temi por não aproveitar o esplendoroso pôr-do-sol,
O grandioso nascer do dia,
A frescura do verde, a força do mar.
Temi que a velhice chegasse e me desse conta
De que estava sozinha..
Temi a solidão, a doença, a maldade dos homens, a falta de solidariedade e
A minha própria inércia
Temi pela loucura dos homens,
Pelas guerras, pela fome, pelas catástrofes.
Anoiteceu,
Dei-me conta então
Que mais um dia tinha passado.
E eu, de tanto temor e tanta desilusão,
Não tinha vivido.
Mais um dia me escapara entre as mãos.

Também poderá gostar de ver

0 comentários

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+