Sonata ao Luar

quinta-feira, setembro 29, 2011Teresa Varela


Ludwig van Beethoven,  num período de grande dor e conflito interior, no qual ponderou suicidar-se, compôs a Sonata ao Luar.  
Do seu conflito interior resultou, não a morte, mas uma obra de extraordinária harmonia e beleza, que me toca profundamente, não só por ser bela, mas porque ela transmite um sentimento e uma emoção que reconheço como algo vivido.
Todos nós, em algum momento da nossa vida, sofremos uma grande dor. 
Todos nós, em algum momento da nossa vida, tivemos conflitos interiores profundos, entre a razão e o coração.
Todos nós, em algum momento da nossa vida, fomos obrigados a tomar decisões que magoaram profundamente os nossos corações.
Todos nós, em algum momento das nossas vidas, nos perguntámos: Porquê? Porquê a mim? Porquê agora?
Decidimos pelo medo,  pela razão, ou pelo coração?
Do nosso maior sofrimento  pode nascer a nossa mais bela obra. Ela pode ser profundamente sofrida, mas se a decisão for a certa, pelas razões certas, nunca pelo medo, sempre pelo Amor, ela perdurará para sempre numa melodia maravilhosa.

Abreijos,

Também poderá gostar de ver

0 comentários

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+