Amor e Amizade Atualidade e Vida

OS HOMENS DA MINHA VIDA

segunda-feira, outubro 03, 2011Teresa Varela

Hoje apeteceu-me falar de homens, dos homens da minha vida, mas nem sempre aquilo que temos no coração e no pensamento é fácil de colocar em palavras.
Aos homens da minha vida, salvo uma ou outra desonrosa exceção, amei-os e amo-os com paixão.
O meu Pai e eu , no Monte Branco
O primeiro homem da minha vida foi o meu Pai, um ser humano excepcional. Exemplar único numa casa de mulheres, o meu pai foi o homem mais honesto, generoso e com maior capacidade de perdoar, que até hoje conheci. Homem de gargalhada fácil, humor trocista, coração sensível,  bom senso e grande capacidade de amar. 
As suas paixões: A Terra, a qual tratava com o carinho e a devoção da sua alma de Agricultor, os cavalos e a História.
O Amor da sua vida: A minha Mãe. Eternamente apaixonado, com ela viveu 32 anos de um amor de mãos dadas, até que partiu inesperadamente, aos 64 anos, sem sofrimento, rápida e silenciosamente,  deixando-nos a saudade e as boas recordações.
Vinte e oito anos passaram e, ainda hoje, não decido nada importante sem pensar no que ele me aconselharia, se ainda estivesse  por aqui.
No meu coração permanecem os amigos queridos, que o tempo, as circunstâncias da vida, ou a morte, afastaram, mas de quem guardo as melhores recordações.
Intacto, no meu coração, permanece o meu primeiro grande amor. Um amor  longo, embora nunca concretizado, que atravessou a minha adolescência e juventude. O Chico Paulo também já partiu, há cerca de 20 anos, mas, a sua recordação permanece  viva em mim, os seus olhos verdes, o seu sorriso caloroso e a sua voz quente.
Dizem que os povos felizes não têm história, pois eu prefiro não ter a história dos anos infelizes, apenas o que de bom resultou deles, os meus filhos o Vasco e a Adriana (mas esta  não é uma prosa sobre as mulheres da minha vida).
Vasco e João Pedro
O Vasco, faz este mês 20 anos. Como se descreve um filho? Como se descreve o nosso amor por ele? Ou o amor dele por nós? Ele é o meu filho, o filho que dei à vida, a quem dei asas para que possa voar. Os filhos não são propriedade nossa, são seres que nos são entregues para amarmos, educarmos, alimentarmos, ampararmos e para lhes darmos todas as "armas" para que possam crescer, ser felizes e voar.
Mas, a vida quis dar-me outro filho, um filho do coração, o João Pedro,   não nasceu de mim, chegou já meio crescido, há alguns anos, no mesmo pacote em que veio o meu novo amor, o Pedro, com que a vida me quis presentear aos 39 anos.
Que posso então dizer-lhes dos homens? Há tantas espécies de homens, desde os péssimos, aos excecionais, passando pelos maus, sofríveis,  médios e bons. Mas, os da minha vida apenas variam entre o bom e o excecional.
A primeira coisa que faz deles bons é gostarem de nós, a segunda é nós gostarmos deles. 
Os homens precisam de muita atenção, carinho, companheirismo. Precisam de sentir que são importantes para nós, que a sua opinião conta e que gostamos de lhes agradar. 
Não precisam que os sufoquemos, aprisionemos, tentemos impor-lhes as nossas opiniões.
Gosto da forma rápida como esquecem as discussões sem importância e da forma prática como calam as nossas dúvidas do seu amor ou atenção. Eles, ao contrário de nos mulheres,  não gostam de dissertar sobre os relacionamentos. Calam-nos com um simples: Se não gostasse de ti, não estava contigo.
Ao contrário do que muitos pensam, até mesmo alguns homens, eles, os homens, não gostam de mulheres burras, gostam de mulheres companheiras e amigas, para além de amantes, que não façam das suas vidas uma competição para ver qual dos dois é o melhor.
O bom que existe no amor é que o coração não tem limite de quantidade. Lá dentro há sempre espaço para amar mais alguém.

Para terminar deixo-vos a Carta  de uma Senhora, octogenária, atriz brasileira de grande talento e enorme sabedoria.
Por Fernanda Montenegro

O modo de vida, os novos costumes e o desrespeito à natureza tem afetado a sobrevivência de vários seres e entre os mais ameaçados está o macho da espécie humana.
Tive apenas 1 exemplar em casa, que mantive com muito zelo e dedicação num casamento que durou 56 anos de muito amor e companheirismo, (1952-2008) mas, na verdade acredito que era ele quem também me mantinha firme no relacionamento.
Portanto, por uma questão de auto-sobrevivência, lanço a campanha 'Salvem os Homens!'
Tomem aqui os meus poucos conhecimentos em fisiologia da masculinidade a fim de que preservemos os raros e preciosos exemplares que ainda restam:
 
1. Habitat
  Homem não pode ser mantido em cativeiro.
  Se for engaiolado, fugirá ou morrerá por dentro.
  Não há corrente que os prenda e os que se submetem à jaula perdem o seu DNA.
 Você jamais terá a posse ou a propriedade de um homem, o que vai prendê-lo a você é uma linha frágil que precisa ser reforçada diariamente, com dedicação, atenção, carinho e amor.
 
2. Alimentação correta
  Ninguém vive de vento. Homem vive de carinho, comida e bebida. Dê-lhe em abundância. É coisa de homem, sim, e se ele não receber de você vai pegar de outra.
  Beijos matinais e um 'eu te amo’ no café da manhã os mantêm viçosos, felizes e realizados durante todo o dia. Um abraço diário é como a água para as samambaias. Não o deixe desidratar. Pelo menos uma vez por mês é necessário, senão obrigatório, servir um prato especial. Portanto não se faça de dondoca preguiçosa e fresca.. Homem não gosta disso. Ele precisa de companheira autêntica, forte e resolutiva.
 
3. Carinho
  Também faz parte de seu cardápio – homem mal tratado fica vulnerável a rapidamente interessar-se na rua por quem o trata melhor.
  Se você quer ter a dedicação de um companheiro completo, trate-o muito bem, caso contrário outra o fará e você só saberá quando não houver mais volta.
 
4. Respeite a natureza
  Você não suporta trabalho em casa? Cerveja? Futebol? Pescaria? Amigos? Liberdade? Carros?
  Case-se com uma Mulher.
  Homens são folgados. Desarrumam tudo. São durões. Não gostam de telefones. Odeiam discutir a relação. Odeiam shoppings. Enfim, se quiser viver com um homem, prepare-se para isso.
 
5. Não anule sua origem
  O homem sempre foi o macho provedor da família, portanto é típico valorizar negócios, trabalho, dinheiro, finanças, investimentos, empreendimentos. Entenda tudo isso e apoie.

6. Cérebro masculino não é um mito
  Por insegurança, a maioria dos homens prefere não acreditar na existência do cérebro feminino, mas não gostam de mulheres burras.
  Por isso, procuram aquelas que fingem não possuí-lo (e algumas realmente não possuem! Também, 7 bilhões de neurônios a menos!).
  Então, agüente mais essa: mulher sem cérebro não é mulher, mas um mero objeto de decoração.
  Se você se cansou de colecionar amigos gays e homossexuais delicados, tente se relacionar com um homem de verdade.
  Alguns vão lhe mostrar que têm mais massa cinzenta do que você.
  Não fuja desses, aprenda com eles e cresça. E não se preocupe, ao contrário do que ocorre com as mulheres, a inteligência não funciona como repelente para os homens.
  Não faça sombra sobre ele...
  Se você quiser ser uma grande mulher tenha um grande homem ao seu lado, nunca atrás.
  Assim, quando ele brilhar, você vai pegar um bronzeado. Porém, se ele estiver atrás, você vai levar um pé-na-bunda.
Aceite: homens também têm luz própria e não dependem de nós para brilhar.
A mulher sábia alimenta os potenciais do parceiro e os utiliza para motivar os próprios.
Ela sabe que, preservando e cultivando o seu homem, ela estará salvando a si mesma.
E Minha Amiga, se Você acha que Homem dá muito trabalho, case-se com uma Mulher e aí Você vai ver o que é Mau Humor!
Só tem homem bom quem sabe fazê-lo ser bom!
Eu fiz a minha parte, por isso meu casamento foi muito bom e consegui fazer o Fernando muito feliz até o último momento de um enfisema que o levou de mim. Eu fui uma grande mulher ao lado dele, sempre.

Com carinho,

Fernanda Montenegro

Também poderá gostar de ver

3 comentários

  1. Que Homens, lindos de viverrr, tem em sua vida, amada!!! Dos que partilha, somente meu pai não pude viver história pra contar (faleceu qdo eu tinha dois aninhos)e tenho essa carência sentida até hoje.
    Beijuuss n.a.

    ResponderEliminar
  2. Adorei o teu palavreado sobre os teus homens, adorei reler o palavreado da Fernanda Montenegro...
    Mas adorei ver o teu Vasco. Menina como ele está lindo! Eu sempre achei que era bem bonitinho, mas agora... está de gritos!
    Nunca vi o João Pedro. Mas olha que também é um bonito rapaz. Tu e a Adriana estão bem entregues.
    Um beijo bem grande da tua amiga
    Maga
    (Quando nos vimos?)

    ResponderEliminar
  3. Este já é o 4º. ou 5º. comentário que tento enviar-te, sem o conseguir. Como já estou cansada de explicar a mesma coisa e não consigo, resumidamente é o seguinte: não sei como, comentaste antes da postagem ser posta. Quando eu fui ver se a postagem tinha saido bem, já lá tinha 2 comentários... não me perguntes como, não sou bruxa. Agora podes lá ir, que já entendes
    Beijo
    Maga

    ResponderEliminar

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+