Amor e Amizade Mulheres

MULHERES

quinta-feira, dezembro 15, 2011Teresa Varela


QUADROS DO PINTOR CHILENO
GUSTAVO POBLETE



Canta -Paloma San Basilio 
Música - Concierto de Aranjuez

Menina, Mulher,
Tão intenso é teu olhar,
Tão profundo teu pensamento,
Tão forte teu sentimento,
Tão imenso o teu coração,
Que buscas no horizonte?
 


Menina, Mulher,
Que escondem teus olhos gachos,
Traídos pelo sorriso?
Em que sonhos te deleitas?
Que outros mundos espreitas? 


Menina, Mulher,
Para onde teus sonhos te levam,
Quando caminhas saltitante? 
Quando  te ausentas por um instante?

 


Moça, Mulher, Menina,
Vagueias, por onde andas?
Vives apaixonada.
Já te sentiste traída?
Ou, talvez, abandonada?



 

Moça, Mulher, Menina,
Vaidosa, ligeira,
Bem, ou mal, amada.
Se o teu coração vibra,
Se o teu sonho te alcança,
Retornas e és criança.
Progrides e já és moça.
Vives e és mulher.

 


Moça, Mulher, Menina,
Que malhas te tece a vida?
Que se escapa entre teus dedos?
Vives de sonhos? 
Vives de medos?
Ou Vives apenas teus dias,
Com a força dos heróis,
O coração dos amantes,
E mãos maternais e ternas
Que usas para doar todo o amor,
Todo o sabor, todo o calor 
De todos os segredos que encerras?




Mulher, Moça, Menina,
Que força te deu a vida!!
És filha, és mãe, és irmã, és amiga.
És fonte de força e vida.
És suporte. És calor. És abrigo.
És a fonte inesgotável de um amor
Sentido e vivido. 




Mulher, Moça, Menina,
Brincas e vives a vida.
Sussurras, vibras e ouves.
Guardas confidências de amiga.
És mulher, és amante e és menina.
Que sonhos te roubou a vida?
De que dores encheu teu coração?
Sentes que vives perdida?
Ou tua razão serve teu coração?





Mulher, Moça, Menina,
Forte é teu coração
Amparo é tua amizade.
No teu coração vive a paixão.
Na tua alma a liberdade.






Mulher, Moça, Menina,
Não chores o que já perdeste.
Vive o dia, o sonho, o momento.
Une tuas mãos a outras mãos,
Das mulheres da tua vida.
Forte serás.
Fortes serão.
Nada derruba a força
Das mulheres unidas.




Mulher, Menina,
Que lembranças guardas?
Quantos amores perdeste?
Quantas amizades guardaste?
Quantas noites insones viveste?
Recordas e ainda vibras?
E mesmo agora, já na reta final,
Tuas mãos, Mulher, ainda dão,
Ainda são fonte de vida.
És mulher e serás sempre menina.






DEDICADO A TODAS AS MULHERES E, DE FORMA PARTICULAR, ÀS MULHERES DA MINHA VIDA.

 À MINHA MÃE, MINHA AVÓ IRENE,  MINHA IRMÃ, MINHA FILHA, MINHAS SOBRINHAS, MINHA TIA E A TODAS AS MINHAS AMIGAS

Também poderá gostar de ver

1 comentários

  1. Que beleza Tê! Da parte que me cabe só posso dizer: OBRIAGADA! Minha querida, hoje venho para já deixar meus desejos que tenhas um Natal de luz e amor junto aos seus...me ausento por uns poucos dias (apesar de já ter deixado algumas postagens programadas)mas retorno pra virada do ano! NATAL FELIZ E ABENÇOADO!!!
    Beijuuss n.a.

    ResponderEliminar

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+