Poesia

ENCANTAMENTO

quinta-feira, janeiro 05, 2012Teresa Varela

Vem meu Mouro Encantado,
Liberta-me do encantamento.

Banho-me nas águas geladas,
Desse enorme, imenso mar.
Sem rumo, vagueio e aguardo,
O sol, as estrelas ou o luar,
Para me iluminar.

Caminho por bosques e florestas,
Vivo, nas flores, árvores e rios,
Perdida no meu lamento,
Presa em todos os lugares.

Vem meu Mouro Encantado,
Liberta-me do encantamento.
Deixa que  a brisa ou o vento
Me levem para o meu lugar.

Vem meu Mouro Encantado,
Liberta-me do encantamento.
Ama-me ou parte as cadeias
Que me prendem no momento.
Presa em todos os lugares
Na terra, no mar.
Presa no teu olhar,
Presa na tua teia. 
Presa por te amar.

Vem meu Mouro Encantado,
Liberta-me do encantamento.
Da inveja e dos olhares,
Amorosamente,
Teu tesouro guardei.
Vem, dá-me o teu amor
Ou rasga tua teia.

Vem meu Mouro Encantado.
Liberta-me do encantamento.
Presa em todos os lugares.
Meu lugar não encontrarei.
Presa no teu olhar,
Moura Encantada, para sempre ficarei.

Vem meu Mouro Encantado,
Liberta-me do encantamento.
Ou encanta-me eternamente,
Mas, apenas, se me amares.
 

Também poderá gostar de ver

0 comentários

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+