Estações e Pontos Felicidade

De ponto em ponto

quinta-feira, agosto 30, 2012Teresa Varela

Cheia de trabalho, sob a  pressão dos prazos a cumprir, sem horas de dia que cheguem para levar a bom termo os meus trabalhos. Faço dos dias, dias, e das noites, dias.
Erro meu...Estabeleci prioridades mas, não as cumpri. Subitamente, depois daquele tão conhecido...amanhã faço,...inevitavelmente, chegou o dia em que não podia adiar mais...
Todos os prazos estavam a terminar e eu, eu, vinha lá atrás, aflita assoberbada, "de língua de fora", sem saber como dar volta
Desculpas? Tenho muitas,... necessidade de organizar a minha cabeça e a minha vida...múltiplas atividades...múltiplas solicitações....(Voluntariado em Movimentos e Páginas de solidariedade)... Problemas inesperados....Família,...trabalho...Mestrado..férias merecidas...cansaço......
Mas, no final, apenas me atrasei, "falhei"... Sabem porquê? Porque sou apenas humana...nada de extraordinário...
Foi aí que, depois de ter varado a noite e de ter vindo para o trabalho, apenas com uma hora de sono, porque era impreterível entregar um outro trabalho no prazo....como ia dizendo...Foi aí  que, ao abrir o facebook, vi este post (vídeo) de uma amiga....Então pensei:  "chegou na hora certa.".. Também eu estou indo do ponto A para o ponto B...Também na minha vida o ponto B já se transformou, tantas vezes, em ponto A, dando lugar a uma nova travessia para um outro ponto B. 
Felicidade
 A isso se chama Viver.  Como diz o Edson Athayde "A Felicidade é um Caminho, não uma Estação" e, nesse Caminho, há lugar para tudo...Acertos e erros, ....Lágrimas e sorrisos...Problemas e soluções,...Fins e começos, ou recomeços, ...Ilusões e desilusões... Vitórias e derrotas...
Sinto o peso da culpa de ter trocado prioridades...mas, quem sabe se essa troca não terá tido um Razão Maior....Quem sabe se o Caminho, para o meu novo ponto B, não será  mais especial, extraordinário e gratificante...Quem sabe, se, o constatar que nem sempre fazemos da maneira mais adequada aquilo com que nos comprometemos, não será um bom ponto de reflexão, uma constatação de que não somos, nem temos que ser, perfeitos e uma verificação de que mesmo assim, acabamos por, dando o máximo de nós,  conseguir cumprir os tais prazos, ou arranjar forma de os prolongar.
Estação
 Constatar a nossa humanidade é uma boa coisa e extraordinária  é a manifestação divina de que não estamos sós, nem esquecidos, nem estamos a ser julgados, a qual nos é mostrada através da existência, presença ou  atos dos nossos amigos, conhecidos ou dos que se cruzam "acidentalmente" connosco,  no momento certo, muitas vezes eles próprios completamente alheios ao facto de serem os veículos transmissores desse sinal, dessa boa nova.

Como sabem, eu gosto de sinais e, hoje, este sinal chegou-me através do vídeo postado por uma amiga.  
Não sei se será possível aos meus leitores, que utilizam o tradutor para me "lerem", encontrar uma forma de traduzir o vídeo, mas a essência dele é o que ficou dito acima, contado através de um breve "intromissão" na história de vida do Edson.

Fotos de https://www.facebook.com/FotografiaWizard

Também poderá gostar de ver

2 comentários

  1. A vida não espera, avança, por vezes a uma velocidade assustadora, obrigando-nos a não saber como, quando e por onde seguir, há uma frase que pelos vistos se aplica a mim e a Si " Quando se tocam muitos burros algum fica para trás" o que lhe posso dizer é para ter calma, porque o passado foi ontem, o presente é hoje e o futuro ainda não chegou, temos tendência para colocar a carroça à frente dos bois, pensamos que somos super heróis, mas não passamos de simples mortais, viva uma coisa de cada vez, num dia de cada vez, e terá sucesso em todos os projectos que se comprometa, a seguir a um comboio vem sempre outro, a estação não para, e a viagem segue sempre o seu rumo, mais minuto menos minuto! Obrigado pela publicação das minhas fotografias, sempre em textos tão belos e sentidos, como são também as minhas imagens. Beijinhos Teresa... keep going...

    ResponderEliminar
  2. É beeeeemmmm assim mesmo Tê..."O correr da vida embrulha tudo.
    A vida é assim: esquenta e esfria,
    aperta e daí afrouxa,
    sossega e depois desinquieta.
    O que ela quer da gente é coragem." E isso amada, vc tem de sobra, né mesmo? Já estou levando pra Casa do Richard as informações que me deixou sobre esse pequeno ser deluz. Estaremos daqui enviando nossas melhores energias e orações. Tudo há de correr bem...tenhamos fé!
    Beijuuss, irmiga, n.a.

    ResponderEliminar

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+