chuva ciclos da vida e das estações

INVERNO NUM DIA DE VERÃO

quinta-feira, agosto 16, 2012Teresa Varela


Feriado Invernoso

A paisagem que se avista da varanda da minha casa, em Santiago do Cacém




Num dia de Verão.
Céu plúmbeo,
Gotas frias de chuva molham a calçada que,
Brilhante e escorregadia, reflecte de forma bizarra
A incongruência do céu de Verão.
As vozes dos antigos transportam verdades indesmentíveis:
"O mês de Agosto "arremeda" todas as estações."
Nestes dias de férias, em que o sonho se espreguiça
E todas as quimeras são possíveis,

Rosas de Verão, no meu jardim, em Santiago do Cacém
 
Projectamos a vida, remamos sem direcção
Rugimos contra o vento, a chuva e a ausência de sol,
Que nos defrauda do merecido interregno.
Mas, eis que o sol regressa, magnânimo,
Em todo o seu esplendor
E nos devolve a serenidade de saber que,
Por mais que os pincéis tinjam de cinza o azul do céu,
Ele brilhará azul e sem nuvens,
Sempre,
Num eterno retorno de alegria e tristeza,
De ansiedade e excitação,
De vida, em curva e em recta,
De clarividência e alucinação.


Da janela do meu quarto, num dia invernoso de Verão, em Santiago do Cacém

Também poderá gostar de ver

0 comentários

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+