Amor Desafios e Oportunidades

Fracasso..? Ou talvez não...E

quarta-feira, novembro 21, 2012Teresa Varela

Nós - 2002
Há quem diga que devemos viver cada dia como se fosse o último...
Há quem pense que devemos viver sempre acautelando o futuro...
Há quem só aja em função de objetivos muito determinados...
Há quem seja tão cauteloso que, de tanto analisar os prós e contras de cada ação, acaba por não aproveitar as oportunidades, pois, quando finalmente se decide, elas já passaram...
Há quem não goste de nada, não faça nada e não lute por nada...
Há quem aja e fale antes mesmo de pensar, destruindo boas oportunidades por falta de planeamento e estratégia...
Há quem seja tão sôfrego a viver que não chega a apreciar o sabor de nada...
Há quem faça tanta coisa ao mesmo tempo que, exausto, acabe por deixar algumas coisas para trás...
Pois é...o planeamento e a paixão não são inimigos, mas precisam de um elemento mediador para que não se destruam mutuamente...Esse elemento é o bom senso...
Eu sou e serei sempre apaixonada...Apaixonada por pessoas, por causas, pelas artes, pela natureza, por bichos, principalmente cães e cavalos, por aprender e ensinar.....E, finalmente, excedi-me...Exigi demais de mim própria e acabei por ficar doente....doente de cansaço....
A partir de certa altura ...a tensão arterial desceu, a temperatura corporal desceu....tudo desceu para um ritmo abaixo do normal...O meu corpo e o meu cérebro exigiram descanso...O sono venceu-me...Escrever deixou de ser fácil...deixou de ser uma necessidade....Tudo ficou lento, como se vivesse num sonho...os movimentos tornaram-se lentos, difíceis e pesados, pensar tornou-se desagradável, memorizar tornou-se difícil...Uma espécie de preguiça invencível tomou conta de mim...Sentia-me doente, frágil, triste e sem vontade para nada...
Aquilo que mais ansiava era deitar-me no sofá, enrolada numa manta, porque o frio já aperta, em frente à televisão...Sem falar....Sem pensar...e, de quando em quando, adormecer...
Afinal, havia fracassado....O meu grande objetivo, entregar a Dissertação de Mestrado, não foi cumprido. Vi-me obrigada a fazer nova inscrição para mais um ano letivo...
Hoje, que é o primeiro dia em que me sinto realmente mais forte e com mais energia, decidi escrever para vocês....
Será que fracassei? Talvez, mas, agora, já não me sinto um fracasso. Sinto-me humana e sinto que tenho mais uma oportunidade...todo um ano letivo para fazer a minha dissertação...com segurança, calma e em paz.
Este tempo....Estes últimos dois anos de uma intensíssima atividade profissional, escolar, emocional, afetiva, familiar e de hobbys, causas e movimentos, e, até, de novos membros na família -a minha cadela Ísis - foram esgotantes, mas foram ricos em experiência, conhecimento, entrega, amizade, amor e vida.

Não consegui cumprir todos os objetivos? Pois não...Ainda bem, assim tenho ainda mais razões para continuar a viver e a lutar por eles.  Tenho ainda mais razões para me tentar aperfeiçoar profissionalmente, como estudante e, acima de tudo, como ser humano...
Quando já não temos mais objetivos é um pouco como se morrêssemos.  Quando achamos que somos o máximo, quais super homens ou super mulheres, como que passamos a viver à sombra de uma glória passada, deixamos de ter um discernimento claro, de saber estabelecer prioridades e limites e de, verdadeiramente, conseguir distinguir entre o fundamental e o assessório ou o ser, do ter.
Neste tempo, tenho sentido a amizade dos amigos, aquela que eu semeei, plantei e reguei. Tenho sido acarinhada, amparada, ajudada, um pouco por toda a gente, inclusivamente pelos meus muitos e jovens patrões...
Não sei se já alguma vez vos disse, mas eu sou secretária na Associação de Estudantes de uma Faculdade, em Lisboa. Tenho cerca de 20 jovens patrões que vão mudando ciclicamente.  Todos os anos há eleições, todos os anos há caras novas, mesmos que as direções se mantenham. Todos os anos é um novo desafio, de conquista de confiança, de criação de empatia, de aprendermos a trabalhar juntos...E, todos os anos, é tempo de arranjar novos e jovens amigos...
Na verdade, é um trabalho interessante, por vezes atordoante, em que todos os dias são diferentes, onde as rotinas são poucas...
Trabalhar ali tem sido sempre um desafio...Um desafio que a vida me propôs, depois de me ter tirado o tapete debaixo dos pés....Foi um começar de novo....Foi uma nova oportunidade...
E, este novo ano escolar e, também, o novo ano civil que se avizinha, são isso mesmo...Um grande desafio - no epicentro da crise - Uma nova oportunidade... Tenha eu força, coragem, sentido de humor, imaginação, sabedoria e amor para os saber aproveitar..
E, porque de amor se trata, deixo, a "enfeitar" o topo deste texto, uma foto já com 10 anos....(trabalhada por mim, pois era a cores) ....Ela retrata o inicio da nossa vida a dois ... Um enorme desafio... Uma nova oportunidade.... Porque de Amor se trata...

Também poderá gostar de ver

5 comentários

  1. É impressionante como a sensação de fracasso pode direcionar caminhos, quando analisada com sabedoria. A partir do instante em que se para, vendo a vida girar descompassada, a mente procura alternativas, com as quais nos presenteia: os fundamentos para os indispensáveis recomeços. Abraços!

    ResponderEliminar
  2. Acho que quem realmente tentou, jamais poderá dizer que fracassou, mesmo que não tenha conseguido. Porque além da vitória final, existe um caminho que se percorre, e onde se aprende muito, mas muito mais do que com a chegada em si.

    ResponderEliminar
  3. Acho que a gente nunca perde. Ganha-se experiência - se é boa ou ruim, aí é outra história. Mas a gente sempre aprende. E se há uma nova chance, bom, perdeste a batalha, porém não a guerra. Ânimo , foco e fé para o próximo ano letivo (:

    ResponderEliminar

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+