Devoções e Estrutura Obrigações

"Já cumpri a minha obrigação"

sexta-feira, dezembro 28, 2012Teresa Varela

"Já cumpri a minha obrigação"
Já ouvi esta frase dezenas, se não centenas, de vezes, dita pelas mais variadas pessoas, nas mais diversas circunstâncias. A mesma sempre me deixou perplexa e me conduziu a diversas reflexões.
Tenho ideia que a primeira vez que esta frase "chocou" comigo, foi há cerca de 30 anos, dita por uma senhora  que, referindo-se ao facto de ter ido à missa ao domingo, afirmava já ter cumprido a sua obrigação enquanto católica.
Não gosto de obrigações.... principalmente quando as pessoas se referem a elas quando falam das suas crenças ou devoções, da família, dos amigos ou, até mesmo, do trabalho que desempenham.
Se sermos cristãos, ou de qualquer outra religião, se resumir a uma ida à  missa ao domingo, ou qualquer outra prática equivalente noutras religiões; se as nossas ações enquanto membros de uma família se consubstanciarem apenas no cumprimento de alguns rituais; se o nosso comportamento em sociedade ou com os amigos se limitar à observância de determinadas regras; se a nossa atuação na nossa profissão se restringir à execução estrita de uma série de imposições e se esta grande parte da nossa vida se constitui apenas de obrigações. que pobres devotos, que tristes familiares,  que amorfos amigos, que desinteressantes conhecidos, que infelizes profissionais somos nós.
Para mim, obrigações são coisas como pagar impostos, o gás, a eletricidade, o empréstimo bancário ou qualquer outro bem ou serviço que utilizemos ou compremos. 
No caso particular dos impostos, estes existem para que os estados nos possam fornecer serviços, tais como escolas ou hospitais, ou para a construção de estradas, proteção do património histórico, do meio ambiente, etc, etc. etc. Já a utilização  que cada estado faz desses impostos é uma outra história que não tem cabimento nesta pequena crónica.
Adoro a minha família e os meus amigos, por essa razão estarei presente em todas as ocasiões que me seja possível, quer sejam boas ou más, mas, acima de tudo, quando precisam de mim. 
Em todas as profissões que exerci, vesti a camisola e senti que a tarefa, que me tinha sido destinada, era importante, principalmente porque fazia parte de uma engrenagem que só poderia funcionar bem se todos fizéssemos o nosso melhor .
Procuro olhar todos os conhecidos, colegas, vizinhos ou qualquer um que se cruza comigo, como um ser humano que merece o meu respeito, compreensão, ajuda ou um sorriso.
Os meus valores e crenças são a base da minha atuação em qualquer circunstância, não me obrigando a nada, mas sim dando estrutura e consistência àquilo que sou.
Somos apenas humanos e, portanto, falíveis, mas se as nossas ações e comportamentos se sustentarem numa estrutura sólida de empenho, brio pessoal, compreensão, generosidade, alegria  e amor, então tudo o que fazemos será mais fácil, mais leve e nos dará mais satisfação, ao invés de vivermos vergados pelo peso das obrigações.
Um excelente 2013 para todos, cheio de alegrias, de satisfação pelo trabalho realizado, de amor e amizade. Vale a pena lutar por um bom 2013, carregando as baterias do nosso coração de esperança, de devoções, de amizade, de força para a realização dos nossos projetos, trabalhos ou sonhos....


Também poderá gostar de ver

1 comentários

  1. kkkk sabe do que tô rindo? Nosso português...aí veste a camisola ( se a visto é pra dormir)e por aqui é a camisa. Mas sabe de uma coisa Tê? Seja camisola ou camisa tem que ser mesmo como bem escreveu! Acrescentaria com um trecho da Receita de Ano Novo de Drummond (conheces? é bem bacaninha):"...Para ganhar um Ano Novo
    que mereça este nome,
    você, meu caro, tem de merecê-lo,
    tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil,
    mas tente, experimente, consciente.
    É dentro de você que o Ano Novo
    cochila e espera desde sempre."
    Assim minha irmigamaaada deixo aqui registrado meu desejo...de um 2013 ABENÇOADO diariamente para você e seus queridos! Mais uma coisinha: reafirmo nosso "contrato" dessa amizade que um dia deixará de ser virtual. Beijuuss nessa alma linda, luminosa e obriagada Tê por seu carinho, amor e força ao longo de todo esse ano.

    ResponderEliminar

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+