Eu

CAMINHO

quarta-feira, agosto 14, 2013Teresa Varela


Caminho pelas veredas indefinidas da vida. 
A urgência de chegar
Perde-se nas encruzilhadas dos caminhos.
Aqueço ao sol brilhante.
Tirito de frio nas noites de invernia.
Descanso nas encostas verdes.
Estremeço e apresso-me nos bosques sombrios, 
Repletos de seres que pressinto, sem ver,
Mas que me espreitam, 
Aguardando, pacientemente,
Uma distração minha,
Para se transformarem em múltiplos perigos.

Caminho  numa direção definida,
Perdida, como barco à deriva.
Regresso ao ponto de partida.
Numa nova investida, recomeço.
Corajosa, temerosa, alucinada, destemida.

Sou força e fragilidade;
Arrogância e amabilidade;
Aceitação e revolta;
Morte e vida;
Verdade e mentira;
Cansaço e energia;
Sonho e realidade;
Sou amor;
Sou esperança;
Sou nostalgia;
Sou mulher;
Sou eu....



Também poderá gostar de ver

0 comentários

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+