UM SER HUMANO ESPECIAL

Aquela Velha Senhora, que tantas vezes se cruza comigo, na rua em que ambas vivemos,  carregada com os sacos do supermercado,  caminhando sempre sozinha, curvada sobre si própria, absorta nos seus pensamentos, é um ser humano especial.
Um dia, ela foi um pequeno bebé e encheu de risos, choros, brincadeiras e alegria a casa de seus pais.
Um dia, ela foi a menina querida dos pais e dos avós.
Um dia, ela foi uma jovem sonhadora e apaixonada que despertou paixões violentas.
Um dia, ela guardou segredos, chorou, riu e galhofou com as suas amigas.
Um dia, ela escreveu poesias, ou pintou quadros, cheios de sentimento e emoção.
Um dia, ela lutou bravamente,...pregou partidas,... correu riscos,... desrespeitou as regras...
Um dia, ela leu romances, viu filmes e foi transportada nas asas da imaginação.
Um dia, ela foi a rainha da festa e dançou pela noite fora,  com o rapaz mais pretendido.
Um dia, ela foi uma jovem e alegre mãe, que olhava embevecida o pequeno fruto do seu amor.
Um dia, ela acompanhou, com os olhos rasos de lágrimas, familiares e amigos à sua última morada.
Um dia, ela foi uma menina... Um dia, ela foi uma mulher...


Hoje, ela é a Velha Senhora e é um ser especial.
Porque todos somos especiais. Porque todos somos únicos e temos uma história cheia de amor e desamor, sorrisos e lágrimas, vitórias e derrotas, erros e acertos.....
Quando me sinto especial, reparo, logo em seguida, que  outros  são também especiais. Porque escrevem, porque criam, porque são cultos, bons profissionais, divertidos.... Porque existem...
Pois é, não é egocentrismo e falta de humildade eu achar-me especial, porque eu sou-o de facto.
Eu sou especial... Você é especial...Eles são especiais... e todos temos uma história que daria para escrever um livro...
Então, sinta-se especial, mas, não se esqueça, sempre que se cruzar com a Velha Senhora, ou o Velho Senhor, da sua rua, olhe-os bem e repare, eles  são especiais e a sua vida, a sua história, as suas memórias são mais extraordinárias e especiais do que qualquer livro...
Dentro deles vive ainda a criança, o/a jovem, e a mulher, ou homem, maduros... 
Dentro deles vive ainda o sonho, a alegria, a energia, a rebeldia.... Porque eles são Especiais..


Comentários

  1. Belíssima postagem, Teresa. E é verdade, somos todos especiais.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita