Sonho; Deuses; Poesia

SONHANDO

quarta-feira, setembro 17, 2014Teresa Varela

Artista - Sérgio Oliveira Eugénio

Sonhando um sonho sonhado,
Vivo a quimera de uma vida.
Perco-me no sonho da filosofal pedra,
Cuja alma, alma não tem.

Bailando entre poetas,
No sonho de uma  noite de verão,
Resvalo entre a loucura e a descrença,
Sem saber se durmo ou vivo.

As glórias dos heróis da Antiguidade
Redemoinham-me nas memórias
De uma vida que, não sendo minha,
Vibra e se ajoelha, sem vingar.

Os Deuses, olimpicamente enfadados,
Desviam o olhar,
Indiferentes às glórias e desditas
Dos sonhos efémeros da humanidade

Resta-me o sonho
Ou, quem sabe, a fé
De enternecer seus alvos corações,
Em poesias sem rima
E versos de pé quebrado.

Também poderá gostar de ver

0 comentários

Vou adorar ler os seus comentários....
Concorde, discorde, dê a sua opinião...
Volte sempre.
Bem-haja pela sua visita

Popular Posts

PUBLICAÇÃO EM DESTAQUE

PRÉMIOS DE FOTOGRAFIA - ANIMAIS SELVAGENS HILARIANTES - II

PARTE 2 DE 8 Não resisto a partilhar estas imagens fantásticas e divertidas do   "HILARIOUS WINNERS OF THE FIRST ANNUAL ‘COMEDY WI...

recent posts

MY GOOGLE+