Quem sou


Olhando para esta página em branco, interroguei-me acerca do que seria, de facto, importante ou relevante dizer acerca de mim, para os meus Seguidores e Visitantes. 

O que gostariam de saber?
Sou uma mulher madura, caminhando, a passos talvez já demasiado velozes, para os sessenta anos.
Vivo em Lisboa, há já quase 40 anos, mas continuo a ser uma "provinciana". A minha alma é alentejana e o Alentejo, a maior Região do meu pequeno País, é o meu berço e o "lugar" a que sempre chamarei Casa. 
Hiperativa e com múltiplos e variados interesses, fui acumulando cursos, formações, profissões e causas a que me dedicar, mas sem nunca me afastar ou pôr em causa o meu pilar e principal prioridade, a Família. 
Mãe, mulher, filha, irmã, prima ou amiga são coisas que sou, não apenas por um qualquer aleatório acidente de percurso, mas porque me sinto como tal, intensamente. 
Adoro rir e gracejar. Tenho um enorme sentido do ridículo e, não raro, riu-me até de mim própria.
Adoro encontros e passeios de amigos e familiares. Eles são as minhas pessoas, as de todos os momentos.
Aprender, comunicar e criar laços são talvez os traços de caráter que melhor me definem. Talvez por isso, a vida me empurrou para um curso superior que não era, de forma alguma, a minha primeira escolha.
De facto, só trabalhei diretamente na área da minha licenciatura durante um breve período. Mas foi o curso de Relações Públicas e Publicidade que, na minha juventude, me mostrou novas realidades e novas perspetivas de encarar o mundo.
A agricultura e a silvicultura fazem parte da minha vida desde o dia em que nasci. Foi com o meu Pai que aprendi a amar a natureza, a respeitá-la e a preservá-la.
As férias passadas no monte, à solta, no meio dos animais, das vinhas, das searas, dos favais e ervilhais, dos pinheiros e sobreiros, ensinaram-me a respeitar aqueles que trabalham a terra e a amar liberdade..
Mas, desde bem novinha, nasceu dentro de mim a necessidade de extravasar as minhas vivências, sentimentos, sonhos, reflexões e pensamentos através da escrita.
Durante muito tempo, escrevia só para mim. Depois, tentei outros voos, talvez não com o afinco necessário, e foi isso que me trouxe ao mundo dos blogues.
Criada numa família cristã, cedo despertei para a espiritualidade e, também, para o misticismo, para a procura do crescimento interior e do entendimento do mundo. Desde jovem, fiz parte de vários grupos e fui aprofundando o mundo da espiritualidade.
Esta minha busca, aliada ao meu interesse pela medicina, levaram-me às terapias holísticas. Tornei-me, assim, terapeuta de Shiatsu, Podo-Reflexologia, Massagem Terapêutica e Mestre de Reiki.
A minha paixão, pela comunicação e pela educação, levou-me a tirar o CAP/CCP, a fazer uma pós-graduação em Educação e Sociedade e um curso de Coaching.
Profissionalmente sou e já fui tanta coisa. Silvicultora, professora, secretária, formadora, terapeuta, relações públicas, proprietária e gerente de uma loja de decoração e até comercial de vendas.
Pois é, a decoração é outra das minhas paixões. Fiz alguns projetos de decoração, principalmente quando tinha a loja, mas, de vez em quando, ainda dou uma "mãozinha", não só nas minhas casas, mas também porque o meu marido tem uma empresa da área de construção e sempre vão aparecendo alguns pedidos.
Dentro de mim existe o profundo desejo de me tornar escritora, mas, pelas mais diversas razões, ainda só me foi possível ser uma escritora de "trazer por casa".
Não sei se alguma vez realizarei este sonho, mas sei que enquanto tiver sonhos estarei verdadeiramente viva.
Adoro viajar, conhecer novos lugares, novas gentes, novas tradições e costumes. Amo o campo e a praia e as zonas antigas das cidades e lugares, que me falam da história e da evolução das sociedades. Não me importo de andar horas a fio, quando calçada de forma adequada, para esquadrinhar cada recanto, cada vestígio da história dos homens.
As artes fazem, também, parte da minha vida. Gosto, principalmente, de literatura, cinema, pintura e fotografia. Já os desportos não são de todo a minha "praia".
A minha paixão, pela vida, pelas pessoas, pela história, pela educação, pela natureza, pela liberdade, pela justiça, pela verdade, obriga-me a investigar, ler analisar e, por fim, a envolver-me e lutar por causas, sejam elas relacionadas com as pessoas ou com a natureza.
Procuro, acima de tudo, a serenidade e a paz interior. Não é tarefa fácil, no meio de tantas atividades, devoções, interesses, sonhos e causas e, também, obrigações.
Acho que já me alonguei, mas estou "apresentada".
As vossas visitas a este blog são o gratificante feedback àquilo que escrevo. Serão sempre bem-vindos, bem como os vossos comentários.

Comentários